Especiais - Domenico Losurdo, a esquerda presente e anti-imperialista

Domenico Losurdo debate o legado da Revolução Russa

Divulgação Publicado em 19.09.2017

Evento da Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB) traz o filósofo italiano na terça-feira, 3 de outubro, às 19h, ao Sindicato dos Engenheiros, à Rua Genebra, 25, região central de São Paulo (próximo ao metrô Anhangabaú).

 

Contribuindo para a ampla agenda de reflexões e homenagens ao centenário da Grande Revolução Socialista de 1917, a Fundação Maurício Grabois e a Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB) convidam o filósofo marxista italiano Domenico Losurdo para refletir, junto à classe trabalhadora e às correntes progressistas, sobre o rico legado da Revolução Russa à humanidade bem como sobre as lições extraídas de seus erros e insuficiências.

No seu conjunto, essas reflexões impulsionam, no atual contexto de um capitalismo em crise, a nova luta pelo socialismo no século 21.

Domenico Losurdo veio ao Brasil, convidado pela Boitempo e pelo Sesc em São Paulo, para participação no Seminário Internacional 1917: o ano que abalou o mundo (que ocorre no Sesc Pinheiros entre 26 e 29 de setembro), e tem o apoio da Fundação Maurício Grabois.

Entrada franca e sem necessidade de inscrição.