Notícias

Morte de Aloísio Teixeira: Nota da Fundação Maurício Grabois

Publicado em 23.07.2012

Aloísio Teixeira, à direita na mesa (à esquerda de Dilermando Toni e de Luis Fernandes, ambos do Comitê Central do Partido Comunista do Brasil, PCdoB)

Consternados, recebemos, nesta manhã, a inesperada notícia do falecimento do professor Aloísio Teixeira. Recebam seus familiares, neste momento difícil, nossas condolências e nosso afeto.

Como intelectual e professor, este grande brasileiro deixa um legado de ideias progressistas e avançadas, que continuarão a iluminar a luta pelo fortalecimento da Nação.

Educador e reitor, com bravura e talento, dedicou o melhor de sua vida para fortalecer a universidade pública como instrumento da formação intelectual e profissional dos brasileiros, e alavanca para o desenvolvimento do país.

Como cidadão, tomou partido em defesa da democracia e da soberania nacional, e engajou-se pela conquista de uma nova sociedade, justa, solidária, na qual o povo e os trabalhadores tenham uma vida digna e feliz.

O professor Aloísio Teixeira era, honrosamente, um amigo e incentivador da Fundação Mauricio Grabois, tendo participado de várias atividades e seminários por nós organizados.

Ele se foi, mas seu legado de ideias, lutas e realizações continuará alimentando a jornada para fortalecer a universidade pública do nosso país e impulsionar o ânimo da luta pela construção de um mundo novo de progresso, paz e solidariedade.

Adalberto Alves Monteiro, presidente da Fundação Maurício Grabois