Notícias

Grabois lança ebook gratuito “Sacco e Vanzetti, o protesto brasileiro”, de Clovis Moura

Cezar Xavier Publicado em 25.08.2017

A Fundação Maurício Grabois, em parceria com a editora Anita Garibaldi, disponibilizam na internet, nesta sexta-feira (25), o arquivo do livro Sacco e Vanzetti, o protesto brasileiro, de Clovis Moura. O livro conta as repercussões no Brasil das execuções injustas, ocorridas em 23 de agosto de 1927, dos anarquistas Nicola Sacco e Bartolomeu Vanzetti. A condenação pelos tribunais dos EUA gerou seis anos de uma campanha mundial contra a condenação dos dois trabalhadores italianos.

A Fundação Maurício Grabois, em parceria com a editora Anita Garibaldi, disponibilizou no formato de e-book gratuito o livro Sacco e Vanzetti, o protesto brasileiro. A obra, escrita por Clóvis Moura, narra a história de uma das maiores farsas judiciais estadunidenses que vitimou os dois trabalhadores anarquistas. Estes foram executados em 23 de agosto de 1917. 

O autor descreve e analisa a animada campanha de solidariedade internacional, especialmente no Brasil. Ela teve início logo após a sua condenação à morte e durou cerca de seis anos. Manifestações populares e greves de protestos por todo o mundo expuseram a unilateralidade e a brutalidade da justiça e da polícia ao serviço dos patrões e dos governos capitalistas.

A primeira edição deste livro foi produzida pela Brasil Debates no ano de 1979. Veio à luz em meio às grandes greves dos metalúrgicos no ABC paulista que abalaram a ditadura militar. Naquela ocasião, Moura já expressava a sua indignação quanto à cortina de silêncio que caiu sobre a campanha contra a execução de Sacco e Vanzetti – O livro pretendia ser uma pequena contribuição no resgate deste importante episódio da história dos trabalhadores no século 20.

A obra do intelectual comunista Clóvis Moura é marcada pela denúncia da situação de opressão vivida pelos negros brasileiros e no resgate das lutas travadas por eles visando a sua emancipação. Entre seus principais livros estão: Rebeliões da senzala: quilombos, insurreições, guerrilhas (1959), O Negro: de Bom Escravo a Mau Cidadão? (1977), Diário da Guerrilha do Araguaia (1979), Brasil: as raízes do protesto negro (1981), Dicionário da escravidão negra no Brasil (2004) e Sociologia do Negro Brasileiro (1988).

O livro Sacco e Vanzetti, o protesto brasileiro pode ser lido gratuitamente nos formatos PDF e ePub, a partir do download das publicações da área PCdoB-Documentos, do site do Centro de Documentação e Memória (CDM).

DIFERENÇA ENTRE EPUB E PDF

O formato ePub permite uma flexibilidade maior nos diversos equipamentos, se adequando a cada formato de tela.

Também é rico em hyperlinks, ou seja, pode ser lido a partir do índice, indo direto para a página desejada, além de permitir buscas por palavra e informações adicionais sobre cada vocábulo.

Para ser lido no PC é preciso baixar o aplicativo Calibre.

Para ser lido no tablet (Android) é preciso baixar o aplicativo Google Play Livros (ou outro de sua preferência).

Nos dispositivos da Apple, como iPad, iPhone e Macs, o aplicativo iBook (já instalado nos dispositivos) faz a leitura do ePub.

O formato PDF, por sua vez, serve para leitura e impressão, mas não tem flexibilidade ou hyperlinks para fora do documento, embora o sumário também leve diretamente à página desejada.

Pode ser lido em qualquer equipamento com o Adobe Acrobat Reader instalado.