Notícias

Debate: Política externa para a África como instrumento de ação afirmativa contra o racismo

Cedem  Publicado em 14.11.2017

Evento no CEDEM Unesp, no centro de São Paulo, ocorre dia 28 de novembro, 3º-feira, às 18h30.

A política externa brasileira de aproximação com o continente africano entre os anos 2003 e 2006 marcou a gestão do embaixador Celso Amorim e o primeiro governo Lula.  Na gênese dessa política, está a participação do Movimento Negro na concepção da agenda de política externa do PT ao longo dos anos, em paralelo às propostas relativas à política de promoção da igualdade racial implantadas a partir de 2003. A análise combinada da política externa para a África e da agenda de promoção da igualdade racial permite discutir a possibilidade de entendimento da política externa para a África como instrumento de ação afirmativa contra o racismo.

Exposição: 
Embaixadora Irene Vida Gala – Formada em Direito pela USP, é mestre em Relações Internacionais pela UNB. No Brasil e no exterior, trabalhou grande parte de sua carreira com temas relativos ao continente africano e às relações Brasil - África, tendo servido nas Embaixadas do Brasil em Lisboa, Luanda, Pretória, Nova York (missão junto à ONU), Roma (Consulado) e Acra, neste último posto como Embaixadora do Brasil.  Ademais, participou de várias missões brasileiras e da ONU a países africanos. Além da experiência profissional, vem pesquisando sobre a formação do pensamento africano e sobre o racismo no Brasil. Atualmente, está lotada no Escritório de Representação do Itamaraty em São Paulo. 

Prof. Dr. Acácio Sidinei Almeida Santos - Professor no curso de Relações Internacionais da Universidade Federal do ABC; coordenador do Núcleo de Estudos Africanos e Afro-brasileiros NEAB/UFABC; coordenador da pesquisa "Migração e saúde: itinerários terapêuticos, práticas e estratégias de cura de imigrantes africanos na cidade de São Paulo"; coordenador do grupo de estudos e pesquisas sobre as Relações Brasil / África (UFABC); pesquisador associado ao Grupo de Antropologia da Comunicação da Université Félix Houphouët-Boigny (Costa do Marfim); membro do grupo de pesquisa "Processos migratórios e saúde: perspectivas interdisciplinares" (FCMSCSP); membro colaborador Cátedra Sergio Vieira de Mello da UFABC. Fundou e foi vice-coordenador da Casa das Áfricas de 2003 a 2013.

Mediação:
Prof. Dr. Juarez Tadeu de Paula Xavier – Assessor da Pró-Reitoria de Extensão Universitária da Unesp e professor da Faculdade de Arquitetura, Artes e Comunicação, Câmpus de Bauru, Xavier é mestre e doutor pelo Programa de Pós-Graduação em Integração da América Latina (Prolam – USP). É pesquisador do Centro de Estudos Latino Americano sobre Cultura e Comunicação da (ECA-USP); Coordena o Núcleo Negro da Unesp para a Pesquisa e Extensão (NUPE) e o Núcleo de Estudos e Observação em Economia Criativa (FAAC-UNESP).

Debate Cedem
Política externa para a África como instrumento de ação afirmativa contra o racismo 
Data e horário: 28/11/2017, 3ª feira às 18h30;
Local: Praça da Sé, 108 – 7º andar (metrô Sé);
Informações: (11) 3116–1701
Inscrições gratuitas: http://www.cedem. unesp.br/#!/evento1
Transmissão on-line: www.tv.unesp.br/cedem
E-mail: eventos@cedem.unesp.br     
www.cedem.unesp.br 
https://www.facebook.com/ CedemUnespOficial
*Certificado de participação a ser retirado durante evento