Notícias

Instituto Paulo Fonteles discute parcerias com Grabois

Cezar Xavier Publicado em 26.04.2018

Nesta quinta-feira (26), integrantes do Instituto Paulo Fonteles reuniram-se com o secretário-geral da Fundação Maurício Grabois, Adalberto Monteiro, e com o diretor de Publicações e coordenador do Centro de Documentação e Memória, Augusto Buonicore, para discutir eventuais parcerias.

Angelina, Buonicore, Moisés, Adalberto e Pedro Fonteles. Foto: Cezar Xavier

O historiador Buonicore expressou particular interesse na vasta documentação que o Instituto vem reunindo no Pará, que mostra a luta de Fonteles em defesa da terra para os camponeses paraenses. O Instituto conta com um rico acervo que envolve a trajetória de Paulo Fonteles, a construção do PCdoB e o vínculo do Partido com as lutas dos trabalhadores rurais.

As linhas do intercâmbio discutidas giraram em torno da esfera da preservação da memória e da documentação sobre a luta pela terra no Pará. A Fundação Maurício Grabois reafirmou a parceria com o Instituto no sentido de valorizar a memória do deputado e advogado comunista Paulo Fonteles, assassinado na luta pela terra. Na reunião, o Instituto Paulo Fonteles de Direitos Humanos foi representado por Moisés Alves, Pedro Fonteles (filho de Paulo Fonteles) e Angelina Di Angelis (viúva de Paulo Fonteles Filho).

 

A biografia Paulo Fonteles Sem Ponto Final, do jornalista Ismael Machado, foi publicada pela Editora Anita Garibaldi e será lançada nesta quinta (26), no Memorial da Luta Pela Justiça, em São Paulo, numa parceria com a OAB-SP, a Comissão Pastoral da Terra, o Nùcleo Memória e a Fundação Maurício Grabois. A biografia está prevista para ser lançada no Rio de Janeiro, dia 4 de maio. O lançamento carioca será na Casa Pública (R Dona Mariana, 81, Botafogo), a partir das 19h (veja convite abaixo).