Notícias

Notas internacionais de 02/08/18   

Ana Prestes Publicado em 02.08.2018

Zimbábue, Mali, África do Sul, Marrocos, Nicarágua, Chile, Japão, Irã, Israel, Argentina, Vaticano

Membros do partido político Black First Land First (Negros Primeiro Terra Primeiro) vestem camiseta com os dizeres 'Terra ou Morte' enquanto se preparam para manifestação

- Zimbábue vive tensão pós-eleições. Exército foi empregado para reprimir protestos. Primeiros dados da eleição mostram que o atual presidente Emmerson Mnangagwa conquistou maioria parlamentar. O atual presidente assumiu em novembro passado no lugar de Mugabe, que estava no poder desde 1980. A substituição foi fruto de disputa interna do governo, em que a opinião dos militares prevaleceu.

- No Mali, onde também houve eleição, a oposição igualmente contesta os resultados eleitorais.

- 25 anos após o fim do apartheid, a maior parte das terras da África do Sul permanece em mãos de brancos. Desde que assumiu o governo em 1994, o CNA vem promovendo compra de terras e redistribuição. A meta a ser alcançada até 2014 era de que 30% das terras já estivessem com a população negra, mas apenas 8% foram repassadas. Agora o presidente Cyril Ramaphosa adota uma medida de desapropriação sem compensação. (Fonte: Reuters)

- Mohamed VI, Rei do Marrocos, cumpriu 19 anos de reinado. O país que oprime o povo saharauí, também é o que vive hoje o epicentro da migração vinda de toda a África e que tenta ingressar na Europa.

- ACNUR (agencia das nações unidas para refugiados) alertou para que pelo menos 23 mil nicaraguenses podem ter buscado refúgio na Costa Rica desde o início da tentativa de desestabilização do governo em 18 de abril deste ano.

 
Maquete da usina

- A maior usina de dessalinização de água da América Latina será no Chile. A obra será executada pela chilena Trends Industrial S.A. com a participação da saudita Almar Water Solutions e da alemã Synlift. Investimento inicial é de 500 milhões de dólares.

- Um acordo entre o Mercosul e o Japão pode ser lançado durante a reunião do G20 em novembro, na Argentina.

- Líder iraniano Hassan Rowhani recusou a oferta de diálogo vinda de Trump. Disse: que o Irã “não é a Coreia do Norte”. O porta voz do MRE iraniano completou: “sanções e pressões são o exato oposto de diálogo”.

- Israel voltou a bloquear hoje (2) o fornecimento de gás e combustível na Faixa de Gaza. O território palestino já sofre com cortes de eletricidade.

Resultado de imagem para cristina kirchner gif

- Cristina Kirchner foi convocada para prestar depoimento em 13 de agosto, sobre supostos casos de corrupção em seu governo. Cerca de 12 empresários e ex-funcionários do governo foram presos. As denúncias estão baseadas nas notas de 8 cadernos de um ex-motorista do staff do ex-ministro do planejamento, Julio de Vido.

- Uma multidão foi às ruas ontem em Buenos Aires em homenagem ao ativista Santiago Maldonado desaparecido há exatamente um ano e que teve seu corpo encontrado meses depois.

- Papa Francisco pregou contra a pena de morte. Uma alteração foi feita no artigo 2267 do catecismo católico e passa a valer a partir de 1 de agosto de 2018. A pena de morte fica como inadmissível para os católicos.