Notícias

Jandira Feghali: "A democracia tem que servir a todos nós"

Vermelho Publicado em 08.08.2019

No fim da tarde desta quarta-feira (7), a líder da Minoria na Câmara, Jandira Feghali (PCdoB-RJ) ressaltou "o dia histórico para a democracia brasileira". Ela elogiou a atitude dos parlamentares, que independente de divergências políticas, formaram um grupo que foi o Supremo Tribunal Federal (STF) pedir audiência que culminou na decisão da Corte pela não transferência do ex-presidente Lula para a penitenciária de Tremembé, no interior de São Paulo. "A democracia tem que servir a todos nós".

Mais cedo, Jandira fez parte do grupo de mais de 70 parlamentares de 12 partidos que foram até a Suprema Corte. Mais cedo, Jandira fez parte do grupo de mais de 70 parlamentares de 12 partidos que foram até a Suprema Corte.

A líder elogiou a amplitude política e a capacidade de muitos deputados que colocaram a democracia na frente de muitas divergências políticas, entre eles, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM), que mandou representante da Casa até o STF.

"Essa era uma questão da democracia brasileira", disse a deputada, ressaltando que há muitos anos não vê uma posição tão afinada em torno da democracia no parlamento brasileiro. Jandira elogiou o cumprimento da legalidade, da Constituição e o respeito às prerrogativas de um ex-presidente da república. "É assim que temos que agir, essa escalada autoritária não deve continuar, chega!, ressaltou.

"Independente das divergências que tenhamos, a democracia é mais importante", complementou.


Confira no vídeo a íntegra do discurso de Jandira:

 


Vídeo
Discurso de Jandira sobre decisão do STF de não transferir Lula de Curitiba
https://www.facebook.com/sigajandira2/videos/456798624876337/