Notícias

Observatório promove o Fórum de Resistência Democrática no Rio

Observatório da Democracia Publicado em 19.08.2019

Entre os dias 27 a 30 de agosto, o Observatório da Democracia organiza o “Fórum de Resistência Democrática”  no Teatro da Universidade Cândido Mendes – Rua da Assembléia 10, Centro, RJ.

"Não há democracia sem a convivência com o diferente. Sem tolerância não é possível democracia.” –  Paulo Freire

“Não junto a minha voz à dos que, falando em paz, pedem aos oprimidos, aos esfarrapados do mundo, a sua resignação. Minha voz tem outra semântica, tem outra música. Falo da resistência, da indignação,da ‘justa ira’ dos traídos e dos enganados. Do seu direito e doseu dever de rebelar-se contra as transgressões éticas de que são vítimas cada vez mais sofridas.” – Paulo Freire

Este é um chamad opara quem, assim como Paulo Freire, acredita na necessidade dodiálogo com o diferente e aposta na justa indignação do povo pararesistirmos na defesa da nossa democracia.

O Fórum contará com a participação do geógrafo David Harvey (Graduate Center of the City University of New York – CUNY), da filósofa Cinzia Arruza (New York School for Social Research) e da historiadora Tithi Bhattacharya (Purdue University), além de convidados nacionais, como ativistas de movimentos sociais, figuras públicas partidárias e representantes do pensamento crítico acadêmico.

Serão 4 dias de conferências, debates e oficinas sobre os desafios urbanos do Rio de Janeiro diante da crise política, econômica e ambiental brasileira.

O objetivo é construir uma agenda política comum para os setores que integram o campo da resistência democrática na nossa cidade.

Todas as atividades do Fórum são livres e gratuitas (evento sujeito a lotação, por ordem de chegada).

Participe e nos ajude mobilizar todas e todos que acreditam que outra cidade é possível!

O Observatório da Democracia é uma articulação nacional que reúne as Fundações de diferentes partidos políticos do campo democrático brasileiro: Dinarco Reis (PCB), João Mangabeira (PSB), Leonel Brizola –Alberto Pasqualini (PDT), Maurício Grabois (PCdoB), Cláudio Campos(PPL), da Ordem Social (PROS), Perseu Abramo (PT) e Lauro Campos e Marielle Franco (PSOL).