Notícias

Acontece no Rio Fórum de Resistência Democrática

Observatório da Democracia Publicado em 27.08.2019

O Fórum contará com a participação do geógrafo David Harvey (Graduate Center of the City University of New York – CUNY), da filósofa Cinzia Arruza (New York School for Social Research) e da historiadora Tithi Bhattacharya (Purdue University), além de convidados nacionais, como ativistas de movimentos sociais, figuras públicas partidárias e representantes do pensamento crítico acadêmico. Serão 4 dias de conferências, debates e oficinas sobre os desafios urbanos do Rio de Janeiro diante da crise política, econômica e ambiental brasileira.

“Não há democracia sem a convivência com o diferente. Sem tolerância não é possível democracia.” –  Paulo Freire

“Não junto a minha voz à dos que, falando em paz, pedem aos oprimidos, aos esfarrapados do mundo, a sua resignação. Minha voz tem outra semântica, tem outra música. Falo da resistência, da indignação,da ‘justa ira’ dos traídos e dos enganados. Do seu direito e doseu dever de rebelar-se contra as transgressões éticas de que são vítimas cada vez mais sofridas.” – Paulo Freire

 Este é um chamado para quem, assim como Paulo Freire, acredita na necessidade do diálogo com o diferente e aposta na justa indignação do povo para resistirmos na defesa da nossa democracia.

Entre os dias 27 a 30 de agosto, o Observatório da Democracia organiza o “Fórum de Resistência Democrática”  no Teatro da Universidade Cândido Mendes – Rua da Assembléia 10, Centro, RJ.

O Fórum contará com a participação do geógrafo David Harvey (Graduate Center of the City University of New York – CUNY), da filósofa Cinzia Arruza (New York School for Social Research) e da historiadora Tithi Bhattacharya (Purdue University), além de convidados nacionais, como ativistas de movimentos sociais, figuras públicas partidárias e representantes do pensamento crítico acadêmico.

 Serão 4 dias de conferências, debates e oficinas sobre os desafios urbanos do Rio de Janeiro diante da crise política, econômica e ambiental brasileira.

O objetivo é construir uma agenda política comum para os setores que integram o campo da resistência democrática na nossa cidade.

Todas as atividades do Fórum são livres e gratuitas (evento sujeito a lotação, por ordem de chegada).

PROGRAMAÇÃO

TERÇA-FEIRA 27/8

13h30-15h30 – Rodas de Conversa e Oficinas

1. Roda de Conversa: “Necropolítica e militarização: resistências negras” (Movimento Negro Unificado, Criola, Movimento Moleque, RUA, Brigadas Populares) (Sala 203)

2. Roda de Conversa: “A soberania energética em disputa, as tarefas da classe trabalhadora e o papel da educação popular na luta por justiça ambiental” (Plataforma Operária e Camponesa da Água e da Energia, Rede Emancipa de Educação Popular e SindPetro) (Sala 202)

3. Oficina: “A sua consulta tem cor? – ferramentas e mecanismos de combate ao racismo institucional via PNSIPN (NegreX) (Sala 207)

4. Oficina de Teatro do Oprimido com a Escola de Teatro Popular (Sala 201)

16h-17h30 – mesa: “Desafios urbanos da crise econômica e ambiental brasileira”
Ementa: debate sobre os desafios urbanos da crise econômica e ambiental brasileira.
· Bruno Sobral
· Alexandre Araújo Costa
· Roberto Anderson
· Sandra Quintela
· Carlos Minc

Mediação: Luana Carvalho (MST)

18h-19h30 – Conferência: “Gênero, Raça, Classe” – Vilma Reis
Ementa: conferência sobre a interseccionalidade das relações de gênero, raça e classe.
Provocadoras: Renata Souza , Thatiane Araújo e Verônica Lima

Mediação: Marina Iris

20h-21h30 – Curso: “Direito à Cidade, Parte 1” – David Harvey
Ementa: introdução ao conceito de direito a cidade e panorama contemporâneo das lutas urbanas anticapitalistas.
Provocadores: Fabiano Horta e Juliano Medeiros

Mediação: Elias Jabbour

QUARTA-FEIRA 28/8

13h30-15h30 – Rodas de Conversa e Oficinas

1. Educação: Projeto Cuidar & Future-se (Tarcísio Motta, Eblin Farage (ANDES), SEPE-RJ, RUA e UNE) – Sala 201

2. Seguridade: a reforma da Previdência e as reformas trabalhistas (Unidade Popular, Primavera Socialista, Juliana Fiuza/UERJ, Sandra Quintela/Rede Jubileu Sul) – Sala 202

3. Oficina de Comunicação Popular com Claudia Santiago (Núcleo Piratininga de Comunicação) – Sala 207

16h-17h30 – mesa: “Trabalho, renda e desenvolvimento no Rio de Janeiro”

Ementa: debate acerca dos desafios econômicos e sociais no Rio de Janeiro.
· Sônia Ferraz
· Marco Aurélio Santana
· Jefferson Moura
· Lindbergh Farias

Mediação: MTST

18h-19h30 – Conferência: “Mulheres, Trabalho e Reprodução Social” – Thiti Bhattacharya
Ementa: conferência de introdução à teoria da reprodução social: análise das formas de reprodução da vida em sociedade que garantem as condições de existência da força de trabalho no capitalismo e o papel relegado às mulheres na divisão do trabalho, em especial, em um contexto de crise.

Provocadoras: Mônica Francisco e Ana Rocha

Mediação: Elika Takimoto

20h-21h30 – Curso: “Direito à Cidade, Parte 2” – David Harvey
Ementa: breve história do papel das cidades nas crises do capital e panorama dos desafios urbanos 10 anos após a crise de 2008.

Provocadores: Marcio Pochmann, Tainá de Paula

Mediação: Everton Gomes

QUINTA-FEIRA 29/8

13h30-15h30 – Rodas de Conversa e Oficinas

1. Roda de Conversa “Políticas culturais e as artes como ferramentas de luta” (Escola de Teatro Popular, Movimento de Mulheres Sambistas, Associação de Artistas de Transporte Público, Cultura Zona Oeste, Coletivo Pacstão) – Sala 201

2. Roda de Conversa “Pensar saúde em tempos de ódio” (Nenhum Serviço de Saúde a Menos) – Sala 202

3. Oficina “Por um feminismo anticapitalista: Oficina sobre a contradição entre reprodução do capital e reprodução da vida” (Juntas) – Sala 203

16h-17h30 – mesa: “O ódio como política e a guerra de informação”
Ementa: debate sobre o iminente colapso da democracia em um Brasil mergulhado no ódio, no preconceito e na intolerância.
· Esther Solano
· Dríade Aguiar
· Fernando Penna
· Henrique Vieira
. Tathiane Araújo

Mediação: Adriana Mota

18h-19h30 – Conferência: “Feminismo para os 99%” – Cinzia Arruzza & Thiti Bhattacharya
Ementa: conferência sobre os desafios atuais da luta de classe feminista.

Provocadoras: Dani Monteiro, Taliria Petrone

Mediação: Dani Balbi 

 20h-21h30 – Curso: “Direito à Cidade, Parte 3” – David Harvey
Ementa: introdução ao conceito de bem comum urbano e breve análise das lutas por espaços de esperança na era do urbanismo de mercado.
Provocadoras: Eduardo Serra e Manuela D’Ávila (via videoconferência)

Mediação: Zeidan

SEXTA-FEIRA 30/8

13h30-15h30 – Encontro de Síntese com os Movimentos Sociais

 16h-17h30 – mesa: “Cidades de exceção e a militarização da vida urbana” 

Ementa: debate sobre a luta por direito a cidade em tempos de militarização da vida urbana.
· Luiz Eduardo Soares
· Ibis Pereira
· Mônica Cunha
· José Claudio de Souza Alves

Mediação: Enfermeira Rejane

 18h-20h – Aula pública: “Na luta a gente se encontra”
· Benedita da Silva
· Carlito Brizola
· Cinzia Arruzza
· David Harvey
· Edmilson Costa
· Fernando Haddad
· Flavio Dino
· Guilherme Boulos
· Jandira Feghali
· Luiza Erundina
· Marcelo Freixo
· Marta Barçante
· Quaquá
Ricardo Coutinho

Participe e nos ajude mobilizar todas e todos que acreditam que outra cidade é possível!

O Observatório da Democracia é uma articulação nacional que reúne as Fundações de diferentes partidos políticos do campo democrático brasileiro: Dinarco Reis (PCB), João Mangabeira (PSB), Leonel Brizola –Alberto Pasqualini (PDT), Maurício Grabois (PCdoB), Cláudio Campos(PPL), da Ordem Social (PROS), Perseu Abramo (PT) e Lauro Campos e Marielle Franco (PSOL).