Prosa@Poesia

Palmeira

Dom Pedro Casaldáliga Publicado em 23.10.2008

*

Coqueiro, buriti, babaçu, tucum, pati...
Bela de muitos nomes.
Para todos os usos:
teto de casa,
suco de bebida,
roupa e rede,
arco de índio.

Penteada. Despenteada.
Pente do próprio vento.

Leit-motiv de canção americana.
Estandarte de todas as lutas tropicais.
Bandeira natural do Terceiro Mundo!

 

Antologia Retirante – poemas
Dom Pedro Casaldáliga
Editora Civilização Brasileira – edição 1978