Prosa@Poesia

Cadê os olhos do menino

Cida Pedrosa Publicado em 06.06.2007

*

O estupro
rasga a tarde
tece lágrimas
na rosa do jardim

os sinos calam
não anunciam a missa

os fiéis param
entre afrescos e esculturas

nesta hora
nem deus faz sentido