Prosa@Poesia

O caminho da faca

Cida Pedrosa Publicado em 18.04.2007

*

Parte em arco
rumo ao corpo amado
flecha a fera, exposta
à chaga
 
cruza a dor, o sonho
escuta
 
zunindo a lâmina
flamejante alcança
artérias e vasos
aquedutos pontes
 
parte em seta
rumo ao corpo amado
serena ira, ao amor
alcança
 
desdobra a carne
desnuda a veia
instala certeira
a eternidade
 
pára qual âncora
dentro do corpo amado
ferina flor, ao corpo
planta