Princípios
Coleção Princípios - Crise

O cantor de blues

Adalberto Monteiro* Publicado em 01.03.2009

Ele
Era Alto,
Assim...
Dum Tamanho...
De Uma Árvore
Que as pedradas
Não alcançam os frutos.
E de sua garganta de veludo,
Jorrava,
Lentamente,
Jarras e jarras
De blues.

De linho era seu terno branco,
E vermelho o sapato de cromo.

Os óculos eram grandes e escuros,
Sua tez de tão negra era azul.
E
No
Seu
Longo
Pescoço
Ereto
Estava
Hasteada
Em forma
De gravata
A bandeira de seu país.

Comovido com a música,
Encantado com a figura,
Pela magia da cultura,
Vi que naquele feroz império decadente
Há um povo oprimido como a gente.
E dessa vez não desejei
Atear fogo na listrada bandeira,
Suja de sangue,
E enfeitada com decadentes estrelas.

EDIÇÃO 100, MAR/ABR, 2009, PÁGINAS 122