Notícias

Observatório da Democracia promove ciclo sobre Guerra Cultural e Democracia

Redação Publicado em 26.08.2021

O Observatório da Democracia realizará um ciclo de debates para discutir o atual cenário de luta ideológica no Brasil e a urgência em se enfrentar num nível mais elevado o desafio de combater o pensamento ultraliberal e de viés autoritário que cresce no mundo. Seminário começa no próximo dia 30/08, 19 horas.

A iniciativa partiu do diálogo realizado com os organizadores do livro Reconstruir a Democracia: União de amplas forças políticas e sociais para a luta ideológica, editado pela Anita Garibaldi e a Expressão Popular. Lançado no início de julho, o livro organizado por Aldo Arantes, coordenador nacional da ADJC (Associação Nacional de Advogados e Advogadas pela Democracia, Justiça e Cidadania) reúne autores das mais variadas áreas do conhecimento para traçar um plano de luta ideológica contendo diagnóstico, programa e tática para o combate ao bolsonarismo.

As fundações partidárias que compõem o Observatório da Democracia consideram que esse tema é estratégico na luta para a derrota da ultradireita que tomou conta das estruturas de poder no Brasil. As crescentes manifestações de autoridades das mais variadas instituições, principalmente do presidente da República, apostando na crise e na ruptura institucional, no ataque ao Supremo Tribunal Federal, ao Congresso Nacional nos impõem a travar de forma mais intensa e sofisticada a luta ideológica no país. Neste sentido, a realização desse seminário é uma contribuição ao debate sobre os desafios que as forças democráticas do país precisam enfrentar neste campo.

O seminário GUERRA CULTURAL E LUTA IDEOLÓGICA – caminhos para reconstruir a democracia contará com a participação de autores dos capítulos do livro e representantes indicados pelas Fundações que compõe o observatório para aprofundar temas como o papel das Plataformas de Redes Sociais na desestruturação da esfera pública e no impulsionamento das forças de extrema direita, o Law Fare, psicologia social e neurociência, a necessidade de uma frente ampla de luta ideológica entre outros.

As mesas de debate aconteceram sempre às 19 horas (veja programação abaixo) e serão transmitidas pelo YouTube do Observatório da Democracia.

Seminário: GUERRA CULTURAL E LUTA IDEOLÓGICA – caminhos para reconstruir a democracia

Horário – das 19 às 20:30 horas – YouTube do Observatório da Democracia

Dia 30/08 - Guerras Hibridas, Guerra Cultural e Plataformas de redes sociais

Lúcio Flávio Dias (advogado)
Renata Mielli (jornalista)
Leandro Loguércio (biólogo)
Guilherme da Hora (professor)
Zé Gustavo – Fundação Rede Sustentabilidade

Mediação – Henrique Matthiessen - Fundação Leonel Brizola

Dia 01/09 - Guerra Cultural no Brasil

João Cezar de Castro Rocha (professor)
Marcelo Silva (Fundação Verde Herbert Daniel)

Mediação - Davi Emerich - Fundação Astrojildo Pereira

Dia 06/09 - Guerra Cultural - Law fare, psicologia social e neurociência

Lorena Freitas (Advogada)
Marcos Ferreira (psicólogo social)
Sidarta Ribeiro (Neurocientista)

Mediação 

Dia 08/09 - Frente Ampla na luta ideológica e programa

Aldo Arantes (advogado)
Juca Ferreira (ex-ministro da Cultura/ Fundação Perseu Abramo)
Carlos Lopes – Instituto Claudio Campos
Dep. Glauber Braga – Fundação Lauro Campos/Marielle Franco
Alexandre Navarro – Vice Presidente da Fundação João Mangabeira

Mediação – Fundação Maurício Grabois

Dia 13/09 - Tática da luta ideológica – construção de plataformas sociais
Everton Rodrigues
Beatriz Tibiriça (Coletivo Digital)
Jonas Valente (Coalizão Direitos na Rede)
Claudia Archer (diretora da Associação Software Livre).

Mediação – a confirmar