Notícias

Observatório da Democracia lança manifesto em defesa do Brasil e contra o golpe

da Redação Publicado em 06.09.2021

À parte as avaliações históricas sobre o dia 7 de setembro de 1822 e o seu contexto, a comemoração da data da Independência do Brasil deve ser um evento que sirva para unir o Brasil, não para dividir o país.

Foto: Reprodução

Leia o manifesto ‘Pela Democracia, pelo Brasil. Contra o golpe.’

O governo autoritário, obscurantista e incompetente que para desgraça nacional ocupa Brasília desde janeiro de 2019, em plena decadência e diante de seu evidente fracasso em todos os campos, tenta uma saída golpista para a crise que criou, mediante a manipulação das datas e dos símbolos nacionais, que são de todos e de todas.

As fundações dos partidos políticos do campo democrático e progressista vêm a público para registrar nesta Nota seu protesto e sua esperança.

Protesto contra a manipulação golpista e autoritária das datas e dos símbolos nacionais, manipulados de forma oportunista para tentar salvar um projeto político condenado à falência no Brasil e no mundo.

A esperança é de que, juntos, e ampliado o nosso movimento com todas as demais instituições da sociedade brasileira que veem na democracia política um valor essencial da vida, têm compromisso histórico como Estado Democrático de Direito e a defesa da Constituição, e amame defendem o nosso País, haveremos de superar esse momento de obscurantismo cultural e científico, de desprezo pela educação e pela ciência, de desamor pelo povo brasileiro, e constituir uma nova alternativa que interromperá esse projeto nefando e nefasto seja nas urnas, seja pelo impeachment.Pela construção de um projeto democrático e nacional para o Brasil.

Viva a democracia! Viva o Brasil!

 
Observatório da Democracia

Fundação Astrogildo Pereira
Fundação João Mangabeira
Fundação Lauro Campos e Marielle Franco
Fundação Leonel Brizola Alberto Pasqualini
Fundação Mauricio Grabois
Fundação da Ordem Social
Fundação Perseu Abramo
Fundação Rede Brasil Sustentável
Fundação Verde Herbert Daniel
Fundação Rede Brasil Sustentável
Instituto Claudio Campos